Provas Equestres

1º COPA EXPOABRA DO CAVALO QUARTO DE MILHA

Tire suas dúvidas sobre as técnicas e modalidades.

É a mais técnica de todas as modalidades do cavalo. É necessário mais do que controlá-lo e guiá-lo, é preciso dominar seus movimentos. O cavalo melhor controlado deverá ser voluntariamente guiado com pouca ou nenhuma resistência. Para essa prova, o cavalo recebe um adestramento básico.

É uma prova de habilidade, velocidade, agilidade e, especialmente, entrosamento. As equipes são compostas por três competidores, que trabalhando juntos devem identificar, mover e capturar bois pré-selecionados dentro de um rebanho, em uma corrida contra o tempo.

A prova acontece entre dois cavaleiros – um cabeceiro e um pezeiro – e seus cavalos. Requer muita cooperação entre os dois competidores, que atuam como uma dupla, e tem como objetivo imobilizar um novilho laçando a sua cabeça e depois as suas patas traseiras. O trabalho deve ser feito contra o relógio, a dupla vencedora é aquela que conclui a tarefa no menor tempo possível

Também conhecida como a prova da família, o Ranch Sorting, surgiu do trabalho em ranchos na separação do gado. Crianças e idosos podem praticá-la. Essa modalidade que cada vez mais praticantes pelo Brasi.

A prova consiste em contornar três tambores, dispostos na forma de triângulo, no menor tempo possível. É uma atividade que pode ser mais complicada do que parece, o que a torna ainda mais empolgante. A prova exige velocidade e coordenação motora excepcional por parte do cavaleiro ou da amazona.

A distância entre as peças é de cerca de 30 metros.

A prova começa quando cavalo e cavaleira, entra no brete. Ao sinalizar com a cabeça, os portões se abrem e o bezerro tem que passar pela barreira para que, só então, o conjunto (cavalo e cavaleira) possa sair em busca da rês. No Breakaway não se enrola a corda (por isso o nome “laçada que se abre”), já que, ao tracionar a corda, o bezerro faz com que uma fita (espécie de lacre) se rompa e corra com a corda no pescoço. O cronômetro da modalidade é parado quando a fita se rompe, indicando a finalização da prova.

A prova pode ser definida pelo domínio do animal pelo laço. Depois do laço e da peia (pequena corda utilizada para amarrar as patas do bezerro) preparados, o  cavaleiro acena com a cabeça para que a competição se inicie.
Antes de o cavaleiro ser liberado do seu box, o bezerro é solto pelo organizador do evento, e o animal possui um tempo de vantagem em relação ao seu imobilizador, que deve então laça-lo. Neste momento então o cavaleiro desce de seu cavalo para  ter o contato com o bezerro, mas isso deve ocorrer sempre com as mãos na corda e não no animal. Além disso, a corda deve ligar o cavalo ao bezerro e a imobilização deve durar mais de 7 segundos para que a bateria seja ganha e não haja desclassificação

8

qui

Hora
Evento
Local
Responsável
8h
Team Pennig
Pista Coberta
NQMB

9

Sex

Hora
Evento
Local
Responsável
9h – 18h
Laço Cabeça e Laço Pé
Pista de Marcha
ACCMMB
9h – 18h
Ranch Shorting
Pista de Marcha
ACCMMB

10

Sáb

Hora
Evento
Local
Responsável
9h – 18h
Rédeas
Pista de Marcha
ACCMMB
9h – 18h
Team Roping Cronômetro
Pista de Marcha
ACCMMB
9h – 18h
Três Tambores
Pista de Marcha
ACCMMB

11

Dom

Hora
Evento
Local
Responsável
9h – 18h
Laço Individual Tècnico
Pista de Marcha
ACCMMB
9h – 18h
Laço Individual Cronometrado
Pista de Marcha
ACCMMB
9h – 18h
Breakaway
Pista de Marcha
ACCMMB
9h – 18h
Três Tambores
Pista de Marcha
ACCMMB

A Expoabra tem o propósito de promover o setor agropecuário do Distrito Federal que se destaca pela inovação e uso de tecnologia de ponta, além de contribuir para economia e geração de PIB.

O evento é voltado para produtores e empresários do agronegócio, entidades públicas e privadas, empresas do segmento rural, formadores de opinião, estudantes da área de ciências agrárias e a comunidade de forma geral.

Realização

Entrar

Não tem cadastro?

Recuperar senha

Não tem cadastro?

Inscrição

Se você estiver representando uma empresa, favor preencher os dados de empresa e CNPJ.

Já tem cadastro?